Informações:

(47) 3633 4043

  • Agendamentos
    (47) 99601 2616
  • Cirurgias
    (47) 99746 4241

Correção de Presbiopia (vista cansada)

Correção de Presbiopia (vista cansada)

Voltar a ler sem óculos ou lentes de contato é possível.

 

A presbiopia ou “vista cansada”, para a maioria das pessoas, inicia após os 40 anos.

Ocorre por uma ineficiência do sistema de acomodação da visão para perto, levada pela perda de elasticidade do cristalino (lente natural do olho). Ler mensagens no celular, o jornal, a validade de um produto tornam-se tarefas extremamente difíceis ou mesmo, impossíveis.

A rapidez com que a presbiopia se estabelece varia de uma pessoa para a outra, em função da quantidade e tipo de grau que use para longe.

Além dos métodos tradicionais para correção da presbiopia como o uso de óculos multifocais ou lentes de contato multifocais ou monofocais com monovisão, a correção pode ser realizada por procedimentos inovadores com tecnologias de última geração através de tratamento à laser (com monovisão ou com monovisão avançada), e, em pacientes que já apresentam catarata, o implante de lentes intraoculares.

 

O que é monovisão?

Monovisão é a visão funcional de um olho para longe e de outro para perto. A monovisão busca induzir na visão do olho de perto -1,50 dioptria, ou grau de miopia, que é suficiente para permitir uma boa visão para perto. Quando se induz a monovisão, o cérebro passa a fazer a escolha da melhor imagem, vinda de um olho ou do outro, de acordo com a localização do objeto (próximo ou distante).

 

Correção da Presbiopia pelo Visx Star S4 IR

A tecnologia desenvolvida e utilizada no Visx Star S4 IR, que trata a presbiopia induzindo a monovisão avançada sobre a superfície da córnea, revela-se hoje como a forma mais confortável e eficiente de tratar a presbiopia. A aplicação do laser sobre a córnea é regular, porém, a curvatura da superfície da córnea é aumentada para modificar sua curva asférica. Isso deixa o centro da córnea com um maior poder refracional, aumentando a profundidade de foco na visão para perto.

Na prática, significa que o centro da córnea passa a ser mais míope que a sua periferia.

Mecanismos naturais de acomodação do olho humano e do tamanho das pupilas fazem com que o olho utilize o centro da córnea para olhar para perto e sua periferia para olhar para longe.

Quando tratamos a presbiopia com Visx Star S4 IR, aumentamos -1,50 dioptria, ou grau, em um dos olhos. O olho em que induzimos a miopia passa a enxergar melhor de perto e o outro olho melhor de longe. Os dois olhos, porém, enxergam de longe e de perto, um ajudando ao outro nas diferentes distâncias.

A visão intermediária é muito confortável, permitindo ótimo alcance para a tela do computador ou um jogo de cartas. A monovisão avançada é muito bem aceita e o cérebro aceita muito rapidamente essa diferença, se comparada à monovisão clássica estabelecida por outras tecnologias de laser ou uso de lentes de contato ou implantes de lentes intraoculares monofocais.

A miopia induzida de -1,50 dioptria compromete a visão de longe de um olho menos do que um olho virgem que tenha a mesma miopia. Graças ao aumento da asfericidade, esse olho é capaz de ler três linhas a mais na tabela de Acuidade Visual. A visão de longe sem correção dos dois olhos, medida simultaneamente, é de 20/20 em 90% dos casos de pacientes operados.

Após o tratamento em apenas duas situações pode ocorrer a necessidade do uso de óculos: leituras prolongadas, sem interrupções – diferente da leitura natural que, frequentemente, sofre breves interrupções – e para a direção noturna em estradas com baixa visibilidade. Apenas nessas situações podem tornar necessária à utilização dos óculos. Menos de 4% de todos os pacientes operados usam óculos para qualquer função após o tratamento da presbiopia.

 

Retratamento

A presbiopia evolui entre os 40 e os 60 anos de idade. Quanto mais cedo for realizado o tratamento, maiores são as possibilidades de se fazer necessário um retratamento, procedimento mais simples do que a primeira intervenção.

 

Eficiência do tratamento

Em raríssimos casos, em alguns pacientes, o tratamento poderá perder a eficiência após alguns anos, criando a necessidade de um retratamento. A técnica utilizada permite que novos ajustes sejam realizados sem riscos ou danos à visão.

 

Ver Bem é Viver Melhor – Centro Especializado da Visão | São Bento do Sul/SC
Diretor Técnico: Dr. Luciano Halal Haddad | CRM – SC 7731 / RQE 2921